08 março 2016

Dia da Mulher

Oi gatonas, tudo bem?


            Hoje é um dia para comemorar conquistas e refletir que muitas lutas ainda precisam ser feitas. Nós mulheres alcançamos espaços que não imaginávamos alcançar, por conta do preconceito existente.
            Talvez, porque achavam que nós não fôssemos capazes de realizar os mesmos afazeres de um homem.
           Não sei se esses pensamentos provém de uma pessoa com mente pequena ou na verdade de uma pessoa que não tem nem capacidade de pensar e raciocinar, e aí acabam falando e fazendo coisas idiotas né?! Para não falar outra coisa.
            Queria compartilhar com vocês a minha visão sobre o dia da Mulher! Há quem diga que se tornam mulheres, quando entram na adolescência, ou quando começam a namorar, ou quando casam...enfim em diversos momentos e acontecimentos da vida.
            Acredito que cada um sabe o momento em que teve que virar Mulher e assumir as rédeas de uma situação, ou pode ser que tenha acontecido naturalmente também, não é mesmo?
            Só sei que para mim, sinto que foi quando me tornei Mãe! Aí vocês me dizem o seguinte:"Feh hoje é dia da Mulher e não dia das Mães!". Mas para mim ambos estão ligados.





           


  Engraçado pensar que seu significado no dicionário é: Mulher- Pessoa do sexo feminino; pessoa do sexo feminino depois da puberdade.
             Porém o significado vai muito além disso, pois existem mulheres e mulheres, e existem mulheres monstros que fazem covardias, então para mim essas não merecem serem chamadas de mulheres! Só acho!!!
             Por isso digo que quando passei pela Maternidade me transformei numa Mulher de verdade. Foram diversas transformações, em várias áreas da minha vida. Vieram responsábilidades diferentes, cuidados diferentes, rotinas diferentes, amor diferente, força e garra por um ser diferente, preocupações então nem se fala! Não dormimos para ver se o filho está dormindo bem, ou se ele iria se descobrir durante a noite, e sentir frio de madrugada, e muitas outras coisas que toda mãe faz né?!    Quem aí nunca fez essas coisinhas também...hehehehe...faz parte!


Cara de preocupação quando a bebê chora ;)


            Talvez no dia das Mães eu repita esse mesmo post, pois assim como eu, outras mães sabem e sentem que apartir daquele momento tudo será diferente de tudo!
           Como disse muitas conquistas foram alcançadas até hoje, preconceitos foram quebrados, mas ainda existe um que estamos lutando ainda que e sobre Amamentar em local público. Não dá para dizer para o bebê, que ali na praça não dá para amamentar por ser local público, ou na rua não pode e etc...pelo amor de Deus né, é como se proíbissem nós adultos de comermos na rua também. Qual a diferença? Um seio a mostra? Estamos amamentando, é um gesto de amor e carinho, um laço a mais com o filho, além de alimenta-lo né! Não existe conotação sexual e muito menos algo de obsceno, simplesmente algo natural e necessário para o bebê.
          Nas mentes doentias existe sim algo de pornográfico ou sei lá o quê, mas não quero nem me estressar com esses seres repugnantes.
          Quero apenas dizer que sou totalmente a favor da Amamentação e como Mulher e Mãe, digo que mais uma vez venceremos essa batalha.
          Em um próximo post falarei sobre o #projetoloove, mas para não deixar muita curiosidade no ar, se trata "apenas" de divulgar e mostrar o ato de amor no momento da Amamentação.





Um dos melhores momentos da vida!



                                          Tamo junto e misturado sempre!!!


Amor para a vida toda!



           Espero que tenham gostado e que tenham entendido o meu ponto de vista sobre Mulher e Mãe.

  Um beijão a todos.

  Até a próxima!

Não se esqueçam de visitar meu Insta e facebook como @esfumadobasico.
Dúvidas deixem nos comentários.




x

© Esfumado Básico - 2016. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Cute Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo